sexta-feira, 14 de março de 2008

sem produção - jonilson montalvão

agora o meu não querer pensar
tornou-se o meu não querer agir
e isso também me torna um improdutivo
mas o meu ócio me é produtivo
ninguém me diz o que fazer
esse ócio me é satisfatório
fico horas a fio sem produzir
fico num total estado de imersão
em mim mesmo
sempre em mim mesmo
e num universo totalmente sintonizado
com tudo que tem que ser
fazendo planos para minha estadia em
outras localidades
e isso me é bom
não atrapalho ninguém na sua
idéia de produtividade
não desfaço valores horrendos de outros
ora por não ser um determinista,
ora por não querer mesmo
ora para não tornar as coisas piores
até já fui um reclamador
mas tudo isso foi em vão
hoje apenas não incomodo ninguém
meus pensamentos são meus pensamentos
minha intransigência é somente minha
deixo de acreditar em tudo:
aquilo que meus olhos vêem
aquilo que me ouvidos ouvem
esses sentimentos são meus
e é por isso que existo

2 comentários:

Wireless disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the Wireless, I hope you enjoy. The address is http://wireless-brasil.blogspot.com. A hug.

samantha diaz disse...

muito bom esse poema sobre a "improdução"...
também estou nessa...